MPPB diz que salas de empresarial no nome de Livânia estariam sendo usadas como escritório dos investigados

O Ministério Público da Paraíba, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), cumpre mandado de busca e apreensão contra a secretária de administração da Paraíba, Livânia Farias, na terceira fase da Operação Calvário. Outras nove pessoas também são alvo de mandados de busca e apreensão em João Pessoa e na cidade de Sousa na casa Koloral Júnior.

Em João Pessoa, o GAECO concentrou a operação em um Edifício localizado na Avenida Epitácio Pessoa, segundo a investigação, três salas localizadas no Edifício Center Park, foram adquiridas por Livania Fárias e colocadas em nome de seu esposo, Elvis Rodrigues Farias e a sobrinha, Gabriela Isabel da Silva Farias, mas no cadastro do Edifício consta o nome da secretária de administração da Paraíba.

Segundo o MPPB, mesmo estando fechadas as salas poderiam estar sendo utilizadas como escritório dos investigados. Caixas com documentos, celulares e objetos diversos foram apreendidos.

liva - TERCEIRA FASE: salas de empresarial no nome de Livânia Farias estariam sendo usadas como escritório dos investigados, diz MPPB

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu