“Fazer organização criminosa com recursos da saúde é duro”, diz Pedro sobre delação de Leandro Nunes

O deputado federal, Pedro Cunha Lima (PSDB) mostrou indignação nesta terça-feira (12), com o desvio de recursos públicos, evidenciado na delação de Leandro Nunes, ex-assessor da secretária de Administração do Estado, Livânia Farias. “Fazer uma Organização Criminosa com recursos da saúde é duro”, comentou.

O deputado disse que visitou, ontem, a APAE e contatou a falta de recusos para a entidade que trabalha com os deficientea físicos. Cunha Lima ressaltou que a supista propina entregue na caixa de vinho, é maior que o orçamento, anual, destino pelo poder público à instituição.

“Ontem, presenciei a falta de recurso na APAE. Hoje, vejo mais uma matéria sobre o desvio do Governo de Ricardo Coutinho com recursos da saúde pública da Paraíba. A propina de R$ 900 mil entregue na caixa de vinho, é mais do que a APAE, em João Pessoa, recebe por ano do Poder Público”, declarou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu