Inaugurado essa semana, o Celeiro Espaço Criativo, localizado no bairro do Altiplano, está com exposição de peças e obras de 120 artesãos e 22 artistas plásticos de João Pessoa e cidades próximas. O trabalho desses artistas já pode ser visitado pelo público, que também poderá adquirir as peças. O local funciona de segunda a sexta, das 9h às 19h, e nos sábados e domingos, das 10h às 19h. Os trabalhos reúnem, além de artesanato, cultura popular, artes visuais e design.

IMG-20180112-WA0005

De acordo com Lúcia França, curadora do Celeiro Espaço Criativo, os primeiros trabalhos que estão expostos foram escolhidos obedecendo a critérios de qualidade, previstos no Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), além das tipologias presentes na cultura paraibana. “Temos um grupo de trabalho composto por pessoas da gestão e com apoio de artistas e do Sebrae que nos auxiliou para essas primeiras coleções”, disse.

IMG-20180112-WA0009

“Buscamos, também, identificar as principais tipologias, no sentido de equilibrar as categorias, como por exemplo, cerâmica, bordado, madeira, biojoias. Esse trabalho vai ajudar, inclusive, a formar uma base que vai nortear o nosso artesanato. O Programa João Pessoa Artesã (JPA) já faz isso, identificando as vocações nas comunidades – na Penha com as biojóias e no Alto do Mateus com a costura e o pachtwork”, explicou.

IMG-20180112-WA0004

Uma das características do Espaço Celeiro Criativo é a reunião da arte e do artesanato no mesmo ambiente, divididos por categorias. Essa perspectiva foi bem aceita pelos dois segmentos, destaca Lúcia França. “Não foi difícil reunir os artistas plásticos e os artesãos, porque ambos entenderam que aqui é uma vitrine para seus trabalhos e que vai possibilitar uma abertura de mercado. As visitações já iniciaram e as pessoas estão encantadas com as peças, que representam um retrato da nossa cidade, feito pelas mãos dos artistas e artesãos”, afirmou.

IMG-20180112-WA0007

As primeiras coleções ficarão expostas no local por cerca de dois meses, sendo repostas de acordo com a demanda das vendas e com a variedade de peças disponível por cada artista ou artesão. Na próxima semana, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através do Programa João Pessoa Artesã (JPA), vai divulgar os critérios para o cadastro de novos artistas e artesãos que queiram expor seus trabalhos no local.

IMG-20180112-WA0006