Em Sobrado, um fato inusitado tem chamado a atenção da classe política. Mesmo cirurgiado, o prefeito do município, George Coelho (PSB) não quer passar o cargo para o vice, Léo (PMDB). O prefeito se submeteu a uma cirurgia na boca e vai passar um mês afastado, segundo informações reveladas ao Blog do Anderson Soares. George tem o hábito de atender a população pelo menos uma vez ao mês e já avisou que só volta a atender no mês que vem.

Desconfiado do vice, o prefeito não abre mão de jeito nenhum do cargo. O fato tem chamado a atenção da classe política. A postura do prefeito é criticada por uns, mas visto com cautela por outros, já que no contexto nacional e estadual, os casos têm revelado que, de fato, os vices não merecem muita confiança. Porém, cada caso é um caso.