Os vereadores de Bayeux se reúnem nesta terça-feira (21), às 9h, para apreciar um novo pedido de cassação e afastamento do prefeito interino do município, Luiz Antônio (PSDB).

Desta vez, a acusação diz respeito a uma gravação na qual o prefeito ordena aos funcionários da secretaria de comunicação atacarem o deputado federal André Amaral (PMDB).

O tucano já é alvo de outro pedido de cassação, no qual doi flagrado em um vídeo pedindo R$ 100 mil a um empresário do município para articular, junto à imprensa, a queda do prefeito afastado, Berg Lima.