Por unanimidade, os vereadores de Bayeux acataram novo pedido de cassação do prefeito interino, Luiz Antônio (PSDB), na manhã desta terça-feira (21).  O pedido é baseado em uma gravação na qual o prefeito ordena aos funcionários da Secretaria de Comunicação atacarem o deputado federal André Amaral (PMDB).

Também foi pedido o afastamento do tucano, mas os vereadores rejeitaram. Esse é o segundo pedido de cassação contra o interino. No primeiro, ele é acusado de pedir R$ 100 mil a um empresário para articular  junto à imprensa, a queda do prefeito afastado Berg Lima.