A guerra entre Avante e PPS parece não ter fim. A disputa por filiações ganha um capítulo à parte. Na iminência de ser expulso dos quadros do Avante, o deputado estadual Inácio Falcão já tem o destino partidário definido.

De acordo com informações reveladas ao Blog do Anderson Soares, o deputado já tem um acordo prévio com Nonato Bandeira e vai se filiar ao PPS. Falcão aguarda apenas a formalização do processo de expulsão. Ele é acusado de infidelidade partidária.

Nos últimos dias,  Nonato e Genival Matias, presidente estadual do Avante vem travando ataques pessoais por causa da disputa. Tudo começou com a filiação do ex-vice-prefeito de Cajazeiras, Júnior Araújo ao Avante, depois que Bandeira já havia divulgado o ingresso do líder politico no PPS.

Depois disso, numa articulação de Genival, Dr. Américo, deixou o PPS para se filiar ao Avante, na condição de assumir o mandato de Matias na Assembleia Legislativa, já que é o suplente de deputado com pouco maia de dez mil votos. Através de aliados na imprensa, Nonato promoveu ataques à imagem de Genival.

O caso gerou mal estar no staff político do governador Ricardo Coutinho (PSB), que foi acionado para intermediar o conflito entre os aliados. Nos bastidores, Genival Matias anda reclamando da atuação do Chefe de Gabinete do governador na articulação política. Nos próximos dias, deveremos ter cenas do novo capítulo dessa novela.