O juiz Falkandre de Sousa Queiroz da 21ª  Zona Eleitoral cassou o mandato do prefeito de Barra de São Miguel, João Batista (PSB) e do vice, Fábio José Maia. Além disso, a justiça aplicou multa de R$ 10 mil e os tornou inelegíveis por oito anos.

O prefeito e o vice foram condenados por conduta vedada e abuso de poder político, durante as eleições de 2016. De acordo com a sentença, João Batista distribuiu camisetas e bebida no período eleitoral, o que é proibido por lei.

Confira a decisão da juíza:

IMG-20170918-WA0289 IMG-20170918-WA0291 IMG-20170918-WA0292 IMG-20170918-WA0293 IMG-20170918-WA0294 IMG-20170918-WA0295