Depois de Carmen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, o ministro Alexandre de Moraes é mais um nome do STF a figurar na programação pelos 70 anos da Câmara Municipal de João Pessoa. O convite foi feito na tarde desta quarta-feira (13), em Brasília (DF), pelo presidente da CMJP, Marcos Vinícius (PSDB), e mais três vereadores do legislativo pessoense: Dinho (PMN), 2º secretário da Mesa Diretora; Eduardo Carneiro (PRTB), 3º secretário; e Marcos Henriques (PT), além do diretor geral da Casa, Carlos Santos.

Moraes, assim como Carmen Lúcia, fará uma palestra. A dele é sobre ‘A Crise do Estado de Direito e o Conflito entre Poderes’ e deverá ser realizada no final do mês de outubro. Até a semana que vem, a assessoria do ministro irá confirmar a data.

IMG-20170914-WA0007

“O ministro Alexandre de Moraes já ocupou cargos na prefeitura e no governo de São Paulo, onde foi secretário de Segurança Pública do Estado, além de ter uma vasta experiência jurídica. Certamente ele terá muito o que compartilhar conosco em João Pessoa”, justifica Marcos Vinícius.

Para o presidente, o nome dos dois ministros do STF na programação do Legislativo de João Pessoa coroa o ciclo de palestras que a Mesa Diretora está montando com o intuito de traçar um panorama atual do entendimento dos grandes tribunais e grandes casas legislativas, nas esferas judiciária e política. Além dos ministros, senadores também acataram o convite da CMJP.

“Temos aí dois mestres do Direito que virão a João Pessoa trazendo não apenas seu notável saber, mas também seu conhecimento pleno em iniciativas sociais. Acho que, dessa forma, não só a esfera jurídica paraibana é beneficiada, mas também a população como um todo”, define Marcos Vinícius.