O governador Ricardo Coutinho afirmou nesta segunda-feira (11) que ainda não conversou com a vice-governadora Lígia Feliciano sobre as eleições de 2018. Ele disse ainda não saber se o PSB dará algum tipo de apoio a Lígia no pleito.

“É possível. Lígia é uma grande companheira, ela sabe. Tem feito um papel extraordinário e importante, mas importante está muito distante. Ninguém se iluda”, avaliou.

Segundo ele “muita água vai rolar por baixo da ponte”. “Eu acho que as pessoas estão em busca de realização, progresso, trabalho. Não é de discurso e conversa”, afirmou.

Quando questionado sobre aliança com partidos de oposição, como o PMDB, o governador afirmou que tudo é possível. “Cada um reconhece o que o outro fez pela Paraíba”, citando a ineficiência e o retrocesso como “pragas” da política paraibana.

MaisPB