Com a viagem de Luciano Cartaxo, o vice-prefeito, Manoel Junior, assume interinamente o comando da Capital da Paraíba por uma semana, pela terceira vez, em apenas oito meses de gestão. Cartaxo vai a Washington para reuniões técnicas com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e para participar de um encontro internacional de prefeitos. Com o BID, a prefeitura vem realizando o “João Pessoa Cidade Sustentável”, conjunto de ações planejadas com o objetivo de assegurar o desenvolvimento da cidade ao longo dos próximos 30 anos. O gestor está finalizando as negociações com o banco para liberação de US$ 100 milhões que serão investidos em 60 ações previstas no plano.

A transmissão do cargo se deu na manhã desta segunda-feira (4), logo após a solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção da Casa Mãe Bebê, serviço de apoio anexo à Maternidade Cândida Vargas, onde poderão ficar abrigadas mães de recém-nascidos internados por longos períodos. São pessoas que antes ficavam dentro do hospital, sem o conforto adequado e ocupando espaços que poderiam ser utilizados por outros pacientes. Com a transferência das mães para a casa, a maternidade, onde são realizados cerca de 500 partos por mês, ganhará 30 novos leitos.

Ao passar o cargo, o prefeito fez questão de ressaltar a sintonia com que trabalham, mantendo, juntos, o ritmo de trabalho e resultados, com obras por toda a cidade, a exemplo da construção da Casa Mãe Bebê, um compromisso assumido durante a campanha eleitoral de 2016, quando Luciano concorreu à reeleição pelo PSD e Manoel a vice, pelo PMDB. “Quando o trabalho é feito com confiança, e em total sintonia, os resultados aparecem. Como tenho dito, em João Pessoa a transferência do cargo é apenas um ato formal, já que o prefeito e o vice estão juntos, trabalhando diariamente pela cidade”, justificou o prefeito.

Manoel Junior salientou as vantagens de uma aliança feita com base em compromissos programáticos. “A base desta aliança é a nossa responsabilidade com o futuro de João Pessoa e o compromisso com transformações profundas na vida das pessoas. Nós somos mais do que um partido da base do governo municipal, somos parte da própria gestão, porque é uma administração compartilhada, que estamos construindo juntos, com diálogo, entendimento e respeito”, acrescentou, reafirmando: “Em João Pessoa, o PMDB é protagonista, não coadjuvante. Governamos juntos para alcançar cada vez mais resultados”.