Morreu neste domingo (27), aos 98 anos, em Belo Horizonte, em Minas Gerais, o arcebispo emérito da Paraíba dom José Maria Pires. A informação foi confirmada pela Arquidiocese da Paraíba. Ele estava internado em um hospital para o tratamento de uma pneumonia. O religioso foi levado para a unidade de saúde após participar de uma celebração. Por conta disso, de acordo com a Arquidiocese, a Igreja considera que ele faleceu trabalhando.

Dom José Maria Pires foi um símbolo da resistência ao governo militar, na Paraíba, durante durante a sua administração pastoral. Ele nasceu em Conceição do Mato Dentro, em Minas Gerais, em 15 de março de 1919 e foi o quarto arcebispo da Paraíba. O arcebispo emérito entrou no seminário aos 14 anos e ordenou-se padre aos 22 anos, em Diamantina. Sua ordenação a bispo veio em 1957, e a arcebispo, em 1966. Ele renunciou ao cargo em 1995, a partir de quando passou a figurar como arcebispo emérito.

Em março deste ano, o governador Ricardo Coutinho (PSB) anunciou a disposição de dar o nome do arcebispo emérito ao Hospital Metropolitano, em construção em Santa Rita. Ele é o segundo arcebispo emérito da Paraíba falecido neste ano. O outro foi dom Marcelo Cavaleira.

Blo do Suetoni