O deputado estadual Ricardo Barbosa anunciou nesta quarta-feira (23) que estuda a viabilidade de acionar o Supremo Tribunal Federal (STF), por meio de um Reclamação Constitucional, contra decisão judicial que suspendeu o fim do racionamento de água em Campina Grande.

“Para que se garanta ao povo campinense o direito ao abastecimento de água sem racionamento. Não concordamos com a decisão judicial que determinou a suspensão do fim do racionamento, prevista para sexta-feira”, explicou.

Para ele, a decisão da juíza Ana Carmem Pereira Jordão é equivocada e afronta estudos realizados pela Agência Nacional de Águas que atestaram a segurança hídrica necessária para que o sistema de racionamento fosse finalizado.

“Como deputado estadual, tenho responsabilidade de não deixar que o povo campinense – e nasci em Campina Grande – sofra mais com esse problema de falta d’água, desconhecido por quem mora em grandes condomínios e torres residenciais com estrutura própria de abastecimento”, frisou.

O parlamentar ainda criticou o suposto uso político da crise hídrica no município, o que considerou inaceitável.

“Está claro que aqueles que fazem coro à manutenção do racionamento, contrariamente a todas as normatizações técnicas, o fazem apenas para atingir o governador Ricardo Coutinho, esquecendo-se que estão atingindo o povo de Campina Grande”, arrematou.

MaisPB