A confusão e instabilidade política está instalada no município de Conde. Após o afastamento e renúncia do presidente da Câmara Municipal, Naldo Cell, foi decretada uma verdadeira guerra entre a prefeita Márcia Lucena (PSB) e os vereadores na tentativa de eleger o novo chefe do legislativo.

O último dia do prazo legal para a realização da Mesa Diretora é hoje, entretanto, o atual presidente da casa, Juscelino, agendou a eleição para segunda-feira (28). A estratégia é tida nos bastidores como uma forma de ganhar tempo e judicializar a disputa, já que a oppsição tem maioria dos votos para eleger o futuro presidente.

Segundo informações reveladas ao Blog do Anderson Soares, os seis vereadores oposicionistas estão confinados em um hotel e podem surpreender ao realizarem a eleição da mesa ainda hoje. Eles se amparam num dispositivo do Regimento Interno que diz que o vereador mais votado pode convocar a eleição.

O vereador Malbatan Neto (SD) foi o mais votado em 2016. Hoje, o placar é seis votos da oposição contra cinco da base governista. A articulação da prefeita trabalha para tirar pelo menos um voto e virar o jogo. Independente do resultado, o assunto vai terminar na esfera jurídica.