As estratégias judiciais e políticas na cidade de Bayeux não param. Com objetivo de ganhar tempo na Comissão Processante, os advogados do prefeito adiaram audiência para ouvir testemunhas de Berg. A reunião estava marcada para esta quinta-feira (24), mas foi adiada para segunda-feira (28). Os advogados apresentarm atestado médico.

Ontem,  comissão reuniu os 19 vereadores para explicar sobre o andamento dos trabalhos da comissão. Nos bastidores, comentam-se que a defesa de Berg Lima acretida que o Tribunal de Justiça vai soltar o prefeito ainda hoje. Uma vez solto, Berg Lima teria todas as condições de articular o rerorno à prefeitura.

A Comissão Processante já deu parecer pelo prosseguimento das investigações e deve ser emitido nos próximos dias, o parecer pela cassação ou não do prefeito. A expectativa, segundo Rony Alencar, presidente da comissão, é que nos próximos 15 dias, o parecer seja votado no plenário.