O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima (Sem partido), se recusou a receber a intimição para comparecer à Câmara de Bayeux para prestar esclarecimentos Membros da Comissão Processante estiveram na manhã dessa segunda-feira (21), no 5° BPM, no Valentina de Figueiredo, para entregar o documento.

A comissão já emitiu parecer pelo prosseguimento da denúncia e vai ouvir testemunhas de Berg na quinta-feira (24). Nos próximos dias, o relator deve apresentar voto pela cassação ou não do prefeito afastado e o assunto será levado à plenário para votação definitiva sobre a cassação de Berg Lima.

Ainda esta semana, o Tribunal de Justiça da Paraíba deve retomar o julgamento que pede o relaxamento da prisão do prefeito, após pedido de vistas do desembargador Oswaldo Trigueiro. O relator do processo, desembargador Marcos Willian votou pela soltura de Berg Lima.