Política

Cássio critica criação da Guarda Temporária: “Meu governo foi o que mais contratou PM na PB”

IMG-20170630-WA0274

O senador Cássio Cunha Lina (PSDB) criticou a decisão do governador Ricardo Coutinho (PSB) de criar a Guarda Militar Temporária para garantir mais policiais nas ruas. Cássio destacou a insconstitucionalidade da decisão, ao lembrar como exemplo caso semelhante no estado de Goiás, que tentou implantar a Guarda Temporária, mas foi impedido por uma decisão do Supremo Tribunal Federal.

“É incorreto você esquecer um concurso, onde as pessoas estão qualificadas  e muitas delas já foram treinadas para exercer a função de polícia, para fazer uma contratação inconstitucional. O STF no caso em Goiás, já declarou a inconstitucionalidade dessa polícia temporária”, afirmou.

O tucano refutou a tese de que em seu governo foi adotada a mesma decisão. Segundo ele, houve uma tentativa de contratação para funções administrativas como estímilo ao primeiro emprego. Cássio destacou que foi o governador que mais contratatou policial na história da Paraíba e criticou o governador por desrespeitar os concursados e a decisão do STF.

“Não adianta dizer que fizemos a mesma coisa no meu governo, não é verdade. Nós fizemos um modelo de contratação para funções administrativas como estímulo ao primeiro emprego, onde os contratados estariam desarmados e que não iam para as ruas. Eu fui o governador que mais contratou policial militar. Quando assumi a PM tinha 7 mil homens e mulheres e deixei com 11 mil. Hoje, a PM está com os mesmo 7 mil de 2003. Se tem concursados habilitados, o governador deve concová-los e respeitar a decisão do STF”, pregou Cunha Lima.

 

 

1 Comment

  1. Felipe

    Queremos CÁSSIO GOVERNADOR da PB em 2018! É 45!

Leave a Reply