O grupo de WhatsApp “Polêmica Bayeux”, um dos mais atuantes e conceituados nas redes sociais da Paraíba, cancelou uma audiência previamente marcada com o prefeito interino do município, Luiz Antônio (PSDB).

A pauta seria a discussão de políticas públicas para cidade, mas os membros do grupo entenderam que o momento é inoportuno, já que o prefeito está na interinidade do cargo.

O grupo já foi homenageado com votos de aplauso da Assembleia Legislativa do Estado e da Câmara de Bayeux. Foi um dos articuladores do pedido de cassação do prefeito afastado Berg Lima.

NOTA PÚBLICA
À POPULAÇÃO DE BAYEUX

O grupo de WhatsApp “Polêmica Bayeux”, que se tornou um dos principais meios de comunicação nas redes sociais do município, vem a público, em consideração e respeito à cidade e aos seus 256 membros, afirmar que CANCELOU UMA PROPOSTA DE AGENDA com o prefeito interino Luiz Antônio (PSDB).

Existia uma articulação para que os membros do conceituado grupo discutissem com o gestor políticas públicas de ciência, tecnologia, cultura, juventude e educação, mas entendimento dos membros mais ativos do grupo é que o momento é inoportuno, pois a gestão terá que mostrar nos próximos dias como se dará sua agenda administrativa em prol do bayeuxense.

Nós estamos cancelando uma agenda com o prefeito. Não queremos discutir nesse momento nenhum assunto com ele. Vamos dar tempo ao tempo, afinal a gestão está só começando e ainda é interina. Nosso compromisso é com os membros do grupo, com a cidade e com a liberdade de informação.

Vamos à L uta!!!