O presidente do PT na Paraíba, Jackson Macedo, evitou polemizar declarações com auxiliares do governador Ricardo Coutinho (PSB) sobre o debate da terceirização nas escolas públicas, principalmente, segundo ele, pelo baixo nível dos argumentos dos aliados do socialista.

Terceirização: Luiz acusa PT de usar o população como “massa de manobra”

Em contato com o Blog do Anderson Soares, nesta quarta-feira (19), o petista disse que a decisão do partido é baseada em argumentos de doutores em educação da UFPB  e que a sigla tem posição histórica sobre a terceirização na educação. A defesa do partido é por um estado forte e atuante.

“O PT não acha interessante esse tipo de debate, principalmente, quando baixam o nível. Nós não vamos polemizar. O PT refirma que é contra. Defendemos o estado forte e presente que garante serviço de qualidade. Somos aliados do governo, mas não somos subservientes. O PT é aliado para dizer o momento em que o governo erra, porque ele não é infalível”, disse.