Embora mantenha, publicamente, a tese de que o PMDB deve marchar com candidatura própria para 2018, nos bastidores o partido se movimenta para indicar a vaga de vice, numa eventual chapa encabeçada pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD). Essa é a tese debatida internamente.

O plano do partido, segundo fontes peemedebistas, é o apoio à candidatura de Luciano Cartaxo ao Governo do Estado, por um motivo óbvio:  o partido ganharia a Prefeitura de João Pessoa . Além disso, o PMDB trabalha para indicar o nome de Olenka Maranhão (PMDB), sobrinha do senador, para vice de Cartaxo.

O plano B seria a candidatura de Maranhão, caso Luciano não seja candidato. Com relação às especulações de afastamento do PMDB, aliados garantem que não há nenhuma sinalização do senador, apesar dos acenos do PSB. Alegam que a presença de peemedebistas em eventos com Cartaxo é o símbolo da continuidade da aliança.