O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB) também criticou a condicionante feita pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) à vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), para deixar o cargo e disputar uma vaga no Senado. O peemedebista questionou a postura republicana do socialista. “Esse é o estilo republicano de fazer política?”, provocou.

Manoel Júnior rebateu insinuações de setores da imprensa sobre uma possível reaproximação do presidente estadual do PMDB, senador José Maranhão e o governador. Para ele, não existe a mínima possibilidade. “Zé Maranhão já está mais vacinado do que nunca, porque ninguém foi mais traído por Ricardo Coutinho do que Zé Maranhão.