Após o pedido de renúncia e denúncias do agora ex-secretário de Indústria e Comércio, Ramon Acioly, na tribuna da Câmara Municipal de Bayeux, os vereadores se reuniram e decidiram criar uma comissão especial para apurar o caso.

Exclusivo: Secretário entrega cargo e vai à Câmara denunciar irregularidades na Prefeitura de Bayuex

A Câmara decidiu criar uma Comissão Especial com três parlamentares (presidente, relator e membro) para investigar as denúncias. Em contato com o Blog do Anderson Soares, o vereador Jeferson Kita (PSB) descartou, no momento, criação de CPI.

” Vamos apurar como manda o nosso regimento. Vamos montar uma comissão especial para apurar os fatos. Só se houver indícios, podemos instalar uma CPI, porque não adianta montar uma CPI política, mas havendo indícios vamos dar procedimento”, disse.

O Blog  conversou com alguns vereadores e todos relataram que foram surpreendidos com o pedido de renúncia e, sobretudo, com as denúncias do secretário. Todos foram uníssonos em afirmar que o Regimento Interno será cumprido.