O governador Ricardo Coutinho (PSB) reagiu com indignação em relação à decisão do juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública, Gutemberg Cardoso, que determinou o bloqueio das contas da PBprev e IASS, para pagamento, imediato, de dívidas com os servidores destes órgãos.

Leia mais: Juiz manda bloquear contas da PBprev e IASS para pagar servidores do estado

Em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, o governador afirmou que a decisão é esdrúxula, pois o estado já pagou a dívida. Além do mais, Ricardo ressaltou o momento financeiro, delicado, que o país está passando e disse que o cumprimento da sentença vai retirar dinheiro da saúde.

“Acho absurdo sequestrar dinheiro da sagurança e saúde para pagar o que já foi pago. Estamos provando que já pagamos. Mesmo se não tivéssemos pago, deveria fazer isso através de precatório. Essa matéria já tem decisão da instância superior. Isso aqui não é um banco a serviço de um saque. Vamos tirar dinheiro da saúde, segurança, duodécimos para pagar? Isso é um absurdo”, condenou.