A atitude inusitada do prefeito de Cabedelo, Leto Viana (PRP) de expulsar a vereadora Fabiana Régis de sua base aliada foi motivada por não suportar as cobranças da parlamentar. Segundo informações reveladas ao Blog do Anderson Soares, a vereadora exigia o mesmo tratamento dado aos demais colegas na gestão municipal.

A parlamentar que era da oposição e ingressou na base, há pouco tempo, cobrava os mesmo espaços em termos de cargos na prefeitura. De acordo com fontes, Fabiana já estava decidida a romper com Leto e já havia comunicado a decisão ao líder na Câmara. O prefeito apenas se antecipou a uma decisão que já sabia que a vereadora iria tomar.

Leia também: Em Cabedelo, Leto Viana pode quebrar compromisso com deputado e lançar esposa para ALPB

Na avaliação de aliados dos dois, tanto Viana quanto Fabiana erraram ao firmar parceria. O prefeito exigia fidelidade canina da nova aliada e a vereadora esperava mais “generosidade” do novo parceiro. Era esperar demais de quem até pouco tempo vivia como cão e gato.