Prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, iniciou, nesta segunda-feira (12), a participação no II Fórum Ibero-americano de Prefeitos, na cidade de Santander, no Norte da Espanha.

O prefeito viajou a convite Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para participar de discussões do Programa João Pessoa Sustentável, que já está em implantação na Capital paraibana. O Fórum trata-se de uma parceria entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento, Prefeitura de Santander, Universidade de Cantambria e Universidade Internacional MenéndezPelayo.

Estão no foco do Fórum temas essenciais ao crescimento de João Pessoa. Na pauta, discussões sobre estudos de caso focando na recuperação e no saneamento dos chamados corpos d’água, como ocorre com a construção do anel sanitário que interrompeu definitivamente o fluxo de esgotos historicamente despejados no Parque da Lagoa Solon de Lucena, no Centro da cidade.

Segundo o prefeito, Luciano Cartaxo, o encontro demonstra uma boa compreensão do BID com experiências bem sucedidas nas cidades. “É muito importante essa troca de experiências exitosas em gestão pública. Vamos tratar aqui de assuntos e experiências que já estamos promovendo em João Pessoa”, declarou.

As discussões em torno das experiências em gestão pública, durante o Fórum, serão feitas a partir das experiências registradas no saneamento da própria Baía de Santander, da Baía de Campeche, no México, do Rio Choluteca, em Honduras; do pântano da cidade de Cartagena, na Bolívia; da Baía de Gijon, na Espanha; e da Baía da Guanabara, no Rio de Janeiro.

Primeiro dia – A programação do evento no primeiro dia de atividades contou com duas discussões e apresentação de experiências por prefeitos. A primeira foi sobre a transformação urbana das cidades espanholas no contexto da União Européia e a segunda sobre a adaptação da mudança climática como recuperação e saneamento de corpos d’agua.

Durante a tarde de atividades todos os prefeitos integrantes do evento participaram de discussões e compartilhamento de experiências sobre recuperação de centros históricos como forma de renovação urbana. Palestrantes irão trazer experiências sobre a revitalização de suas cidades, através do investimento nos centros históricos.