O senador Raimundo Lira (PMDB) avaliou a absolvição da chapa Dilma/Temer no TSE como a melhor saída para manter a estabilidade política e não interromper o processo de crescimento econômica.

“Estamos saindo da maior recessão econômica da história do nosso país, e portanto, temos de ter o mínimo de estabilidade política para não interromper o processo de retomada do crescimento”, conentou.

Em contato com o Blog do Anderson Soares, neste sábado (10,  Lira argumentou que por não haver, na atual conjuntura, um nome que represente a unidade nacional, a melhor opção é apostar na estabilidade do governo.

“Por não ter, no momento, um nome que represente a unidade nacional, para atender o que preconiza a Constituição, para evitar um crise de maiores proporções, é melhor torcer para uma estabilidade do Governo atual, há não ser que aconteçam novos eventos. Não tenho nenhum cargo, portanto, estou pensando no Brasil”, concluiu.