A bancada de oposição na Câmara Municipal de João Pessoa apresentou requerimento à Mesa Diretora da Casa, nesta terça-feira (6), solicitando que o Poder Legislativo peça à Polícia Federal a quebra do sigilo das investigações sobre as denúncias de irregularidades nas obras do Novo Parque da Lagoa.

De acordo com os oposicionistas, o objetivo do requerimento é dar transparência ao curso das investigações. “Queremos ter acesso a informações. Isso é um direito universal de qualquer cidadão. Queremos ter mais conteúdo para debater o assunto a fundo”, disse Bruno Farias.

Já a bancada governista avaliou o requerimento como tentativa de interferência no trabalho da PF. Milanez Neto disse que o sigilo processual não é algo banal. “O sigilo processual não é por acaso. É para que não atrapalhem as investigações. A PF é uma das instituições mais acreditas do país”. disse. O requerimento foi rejeitado por maioria dos votos.