O deputado Adriano Galdino (PSB) acionou o Blog, para negar qualquer tipo de recuou como foi noticiado neste espaço, sobre a tese de permanência do governador Ricardo Coutinho (PSB) para eleger o sucessor e se tornar um super secretário na futura gestãgestão.

Leia mais: Galdino defende permanência de RC no governo para eleger sucessor e se tornar super secretário em futura gestão

Galdino voltou a afirmar que a fala dele foi mal interpretada e ressaltou que não defendeu tese, mas apontou apenas caminhos que Ricardo poderia seguir. Segundo o socialista, a fala é um recado para oposição, que dar como certa a saída do governador para disputar a uma vaga no Senado.

“Tive mais um vez a fala deturpada. Não recuei, em momento algum, e não defendi nenhuma tese. Na verdade apontei dois caminhos que o governador pode trilhar. O primeiro é deixar o governo para disputar o Senado. O outro, é a permanência para eleger o sucessor e se for convidado, se tornar secretário. Nada mais que natural. Isso não é tese que estou defendendo, são possbilidades. Quis mostrar à opsição que Ricardo é imprevisível. Quando pensam que ele vai por um caminho, ele segue outro”, explicou.