O deputado federal e presidente estadual do Solidariedade, Benjamin Maranhão, disse ao Blog do Anderson Soares, nesta segunda-feira (22), que o partido ainda avalia se vai permanecer na base do presidente Michel Temer (PMDB).

Ele afirmiu que a decisão será tomada em conjunto com a bancada no Congresso Nacional. O Solidariedade tem 14 deputados na Câmara Federal e ocupa o Ministério do Desenvolvimento Agrário no governo.