Esta é a primeira revelação que cita a Paraíba. O PTB da Paraíba foi beneficiado com R$ 500 mil da JBS, repassados à legenda através de um pedido do senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Essa revelação é de Ricardo Saud, diretor da empresa, em sua delação.

O delator contou que pagou quase R$ 10 milhões para o ex-presidente do Senado. O dinheiro, segundo Saud, seria para comprar a eleição de Renan para a presidência do Senado e também para eleger Renan Filho governador de Alagoas, além de beneficiar diversos partidos em todo o país.Não foi revelada a data do repasse. O PTB no Estado hoje é comandado pelo ex-senador Wilson Santiago, que foi candidato em 2014 a uma vaga no Senado na chapa do senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

O PTB paraibano diz que o dinheiro recebido “não se trata de propina. Foi doação legal, devidamente registrado e consta na prestação de contas de campanha, já aprovado pelo TRE-PB”.

Fonte: Polemicaparaiba