Cobrando a apresentação de uma proposta do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), servidores municipais da área da saúde entraram em conflito na manhã desta terça-feira (16) com Guardas Municipais enviados pelo prefeito a sessão da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), que discutia a elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentarias (LDO).

O protesto teve início após conversas do vereador Helton Renê, com os manifestantes e os Guardas Municipais. Durante a manifestação os guardas tiraram a força os manifestantes que tentavam se acorrentar ao plenário da Casa para impedir a reunião da LDO e reivindicar seus direitos junto ao poder municipal. Em virtude da manifestação a sessão foi encerrada e os vereadores de situação tiveram que sair acompanhados de seguranças. Uma comissão foi composta por vereadores para sentar com representantes da categoria.

Segundo representantes do Sindicato dos Trabalhadores Públicos em Saúde no Estado da Paraíba (SindiSaúde) presentes, há quatro anos a prefeitura não apresenta propostas concretas de melhorias para a categoria e se propõe a debater em uma Mesa de Negociações que não chega a um entendimento. Em virtude disso, muitos servidores afirmaram que só sairão da Câmara na presença do prefeito para dialogar com a categoria. Os agentes de saúde cobram reajuste salarial e gratificações.

Veja vídeo: