A juiza Micheline Jatobá Dantas pediu vistas para analisar o processo. O pedido de vista veio após a votação do juiz Márcio Maranhão, que votou pela cassação do governador Ricardo Coutinho.

A juíza terá o prazo de dez dias para retornar o julgamento com o voto vista. A data limite para votação é dia quatro de maio. O placar da votação está empatado. O relator votou pela improcedência da ação.

O governador é acusado de abuso de poder político e econômico. Segundo o Ministério Público Eleitoral, Ricardo concedeu benefícios  a aposentados e pensionistas durante o processo eleitoral.

A acusação acusa o Governo do Estado de usar quase R$ 8 milhões da PBprev para beneficiar mais de 1.600 pessoas entre agosto e novembro de 2014, período em que foram realizadas os dois turnos das eleições.