Câmara Municipal de Santa Rita, por meio de requerimento aprovado em plenário, solicitou ao Governo do Estado, nessa quinta-feira (16), que as alas do Hospital Metropolitano de Santa Rita sejam classificadas com os nomes de médicos da cidade falecidos, entre eles, Dr Romeu de Azevedo, Oildo Soares, Dorivaldo Pereira, Aníbal Limeira, Raimundo Furtado.

A solicitação foi assinada pelo presidente da casa parlamentar, Gustavo Santos (Podemos) e mais oito vereadores. O presidente da câmara destacou que as alas hospitalares são divididas por cores, a exemplo, área laranja e vermelha e por isso, a requisição é que tenham os nomes desses profissionais.

“É reconhecer os relevantes serviços prestados à população santarritense, por estes médicos que tanto nos honraram com empenho e dedicação e a forma humanizada de cuidar de vidas”, defendeu Gustavo Santos que, ainda ressaltou a importância do Governo do Estado convidar os familiares desses profissionais de saúde, para participarem da solenidade de inauguração da unidade hospitalar.

Estrutura do Hospital Metropolitano de Santa Rita

Na obra estão sendo investidos recursos na ordem de R$ 80 milhões só na construção e contará com um total de 226 leitos, dos quais 60 para UTI. A unidade de saúde será referência em neurologia e cardiologia.

Fonte: site do Governo da Paraíba