O tesoureiro e ex-presidente do PMDB da Paraíba, Antônio de Souza, descartou qualquer possibilidade de interferência do Diretório Nacional do partido sobre alianças em 2018, como ventilou, semana passada, o senador Raimundo Lira (PMDB).

“Não dependemos do Diretório Nacional para lançar candidatura própria ou fazer coligações com outros partidos. Com o PSB estivemos em três eleições e qual foi o resultado? Ele mesmo amargou derrotas em Cajazeiras, João Pessoa e outros municípios ao lado do Governador. Ricardo tá no papel dele, tem o seu partido, mas o nosso é o PMDB”, afirmou.

Antônio Souza defende que o PMDB busque lance candidatura própria para o Governo do Estado em 2018 ou faça composições com partidos que que, segundo ele respeitam a legenda.

“O PMDB Tem condições de lançar candidatura própria ao Governo de estado, em 2018, ou fazer composições com partidos que respeitem o PMDB. A Direção Nacional, da qual fazemos parte, não irá interferir nas decisões que o Diretório da Paraíba tomar”, declarou.