A vereadora e suplente de deputada estadual, Eliza Virgínia (PSDB) deve assumir uma vaga na Assembleia Legislativa, em 2017, após o recesso parlamentar.

O deputado Bruno Cunha Lima (PSDB) deve se afastar das atividades parlamentares e permitir a ascenção da tucana ao parlamento estadual.

Em contato com o blog do Anderson Soares, nesta segunda-feira (14), Eliza confirmou a articulação e disse que vai continuar defendendo os valores da família na AL.

“Existe sim essa possibilidade. Devo assumir a partir de fevereiro. Pretendo continuar defendendo os valores cristãos e  da família na Assembleia Legislativa”, afirmou Eliza Virgínia.

A tucana obteve 20.249 votos para deputada estadual em 2014, ficando na terceira suplência. Com as saídas de Zé Aldemir (PP) e Dinaldinho (PSDB) para assumir as Prefeitura de Cajazeiras e Patos, Julys Roberto (PEN) e Antônio Mineral (PSDB) assmume a titularidade.