O senador Raimundo Lira (PMDB), disse ao blog do Anderson Soares, neste domingo (6), que as informações publicadas na mídia nacional sobre a possibilidade dele substituir Renan Calheiros (PMDB) na Presidência do Senado são meras especulações. Ele disse que não há nada de concreto nesse sentido.

As especulações surgiram após a decisão do Supremo Tribunal Federal de proibir réus em ações penais de permanecerem na linha sucessória presidencial. Isso afetará, diretamente, a eleição da Presidência do Senado.

O PMDB, que detém a maior bancada, deve indicar o substituto de Renan Calheiros, cujo mandato termina em fevereiro. O problema é que apenas três dos 19 senadores do PMDB não respondem a processos na Justiça, dentre eles, o senador Raimundo Lira.