O radialista Emerson Machado, popularmente conhecido como Mofi, revelou ao blog do Anderson Soares, neste sábado (22), que vai disputar uma vaga na Câmara Federal em 2018.

Filiado ao PPS, Emerson disse que o momento da política é de renovação. Ele afirmou que já tem uma plataforma com propostas para apresentar ao eleitor.

O foco será o combate à criminalidade e à impunidade no Brasil. Ele defende leis mais duras, como a redução da maioridade penal para 16 anos e o fim da audiência de custódia.

Machado vai lutar para que todo condenado cumpra 70% da pena em regime fechado. Além disso, é a favor da castração química para estupradores e pedófilos.

“Por onde eu ando nos bairros de João Pessoa e nas cidades da Paraíba, há um clamor da população para que eu saia candidato a deputado federal. Tenho ideias e projetos para defender os interesses dos paraibanos. Dentre eles, vou apresentar projeto que torna obrigatório o teste do bafômetro. Foi pego na sei seca, tem que fazer o bafômetro. Se matar no trânsito e estiver bêbado, defendo cadeia. Outra proposta que defendo, é a castração química para estupradores. Se o cara for condenado por estupro, seja pobre ou rico, tem que ser castrado”, afirmou Mofi.

Polêmico em seu ponto de vista, Emerson Machado ganhou notoriedade no Rádio e na Televisão ao criar o personagem “Mofi”, satirizando com os entrevistados.