A equipe de transição do prefeito eleito de Bayeux, Berg Lima (PTN), revelou com exclusividade ao blog do Anderson Soares, neste sábado (15), que a Prefeitura do Município está dificultando o processo de transição de governo.

Em contato com o blog,  o advogado Caio Cabral afirmou que até o momento, o prefeito Expedito Pereira não apresentou os nomes de sua equipe, o que dificulta o acesso aos documentos e informações sobre a situação financeira e administrativa da cidade.

Leia também: Expedito Pereira se antecipa e solicita a Berg Lima equipe para transição de governo

“A prefeitura está dificultando a transição. Entregamos os nomes da nossa equipe . O prefeito ainda não fez o anúncio de sua equipe de transição e não podemos pegar qualquer documento na prefeitura”, afirmou.

O advogado ameaça procurar a ajuda da  justiça e do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para ter acesso aos documentos. Ele destacou que Expedito enviou ofício solicitando a equipe de transição do novo governo, mas a attitude não passou de uma manobra política.

“Eles pediram, com antencedência, o nome da nossa equipe, mas acredito que foi uma manobra para dar uma sensação de que tudo aconteceria bem. Se na segunda não houver a indicação da equipe de transição da prefeitura. Vamos procurar o judiciário e o TCE para ter acesso as informações da prefeitura”, revelou Caio Cabral.