O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), negou na manhã desta segunda-feira (10), acordo com o PMDB para indicar Manoel Júnior (PMDB) para Secretaria de Saude da capital.

Ele disse que sabe da importância da legenda e tem a clareza que é natural a participação do partido na gestão.  Cartaxo ressaltou ainda que sabe valorizar os parceiros e que essa união é para trabalhar pela cida

“Temos a clareza que o participação do PMDB é natural, que é um parceiro da nossa eleição. Sabemos valorizar nossos parceiros, essa união foi para trabalhar por João Pessoa. Eu já tenho conversado isso com Manoel Júnior, que já tem experiência no administrativo, já foi prefeito e vice-prefeito, tem experiência de parlamentar. Então todo mundo vai ter a oportunidade de trabalhar, não sou centralizador”, declarou.

Eleição na CMJP

O prefeito revelou que já está conversando com os vereadores da bade aliada, para que haja unidade e consenso na diputa.

“Já comecei a fazer um diálogo com os vereadores para ouvir o ponto de vista de cada um, mas trabalhar pela unidade da nossa bancada. Temos 16 vereadores na nosaa base e é importante que a gente tenha essa união dentro da bancada, como cada um dando sua opinião, para que tenhamos um processo de construção. A eleição só acontece primeiro de janeiro. A coisa parece que está meio acelarada, mas é bom a gente conversar com calma”, disse.

As declarações foram dadas durante a entega de reforma e amplicação do Cenrro de Referência Infantil (Crei) Bergalice Vasconcelos, localizado no bairro de Mangabeira I. O Crei recebeu melhorias para atender as 100 crianças de idades de 2 a 5 anos que estudam na unidade.