O juiz da propaganda de mídia, José Ferreira Ramos Júnior, indeferiu na tarde desta quinta-feira (8), o pedido de direito de resposta da coligação de Cida Ramos (PSB) sobre inserções no guia eleitoral da Coligação de Luciano Cartaxo (PSD), na qual esclarecia denúncias de nepotismo.

Na propaganda eleitoral, a coligação acusa Cida de praticar nepotismo e de criar uma guerra eleitoral sem limites. Os advogados da socialista entraram com representação para tirar do ar as inserções, sob a alegação de que as inserções denegriam a imagem da candidata.

Veja a decisão do magistrado:

20160908_162921