A deputada estadual Estela Bezerra (PSB) criticou na  manhã desta terça-feira (16), o debate adotado por deputados de oposição, principalmente tucanos, sobre segurança pública e explosões a bancos.

Para a socialista, o segmento político faz da violência urbana, tema extremamente complexo, uma mera discussão sem nenhum compromisso. Estela cobrou uma postura  propositiva dos tucanos e ressaltou que no governo do PSDB, a PM tinha as piores condições.

“O segmento político não pode fazer da violência uma disputa rasa. O debate é raso. Se couber a carapuça na cabeça do deputado Tovar, eu acho até adequado. Nós não podemos fazer de uma política pública, um debate raso, sem nenhum compromisso. Na época em que o PSDB foi governo nesse estado, tínhamos as piores condições de funcionamento e trabalho das polícias. Esse pilítico deveria botar a mão na cabeça, lembrar do passado. É preciso ser construtivo quando se fala em segurança pública”, afirmou.

Outro lado

O deputado Tovar Correia Lima (PSDB), citado pela socialista, rebateu as críticas dela, adirmando que o governador Ricardo Coutinho (PSB), deve assunir a responsabilidade sobre a inoperância da Segurança Pública.

“Ricardo assuma a sua responsabilidade, ou por bem ou por mal. Para dizer que não tem como resolver ou sentar para resolver o problema. A gente vai ficar um olhando para o outro e recebendo a notícia do governador dizendo, numa falácia, que os números de segurança na Paraíba são os melhores? Essa discussão, sim é que é rasteira. Estar há seis anos no governo, olhar para o retrovisor e culpar os outros”, rebateu.