O presidente do PSB em Campina Grande, Thompson Mariz, revelou ao blog do Anderson Soares nesta quarta-feira (10), que é natural que Adriano Galdino (PSB) receba apoio do PMDB caso vá para o segundo turno. Assim como apoie Veneziano, caso o peemedebista avance na disputa.

No entanto, Thompson nega que haja um acordo entre PSB e PMDB nesse sentido. Segundo ele, como os dois partidos são oposição ao PSDB na cidade e nada mais que coerente do que as duas legendas caminharem juntas num eventual segundo turno.

“Não existe pacto algum. No entanto, como fazemos parte das oposições, o normal é o candidato que for para o segundo turno receber o apoio do outro”, afirmou Mariz.