O PMDB de Bayeux, enviou nota a imprensa nesta quinta-feira (04) anunciando a saída do bloco de oposições, comandado pelo candidato do PTN, Berg Lima.
Segundo a nota, o motivo foi o não cumprimento de um acordo firmando entre Berg e a Direção municipal da legenda. Pelo acordo, o PMDB indicaria o nome para vice do PTN. O partido vai apoiar a candidatura de Expedito Pereira (PSB).
PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO
DIRETÓRIO MUNICIPAL DE BAYEUX
                N O T A
          O Partido do Movimento Democrâtico Brasileiro,  por decisão da maioria de sua Executiva Municipal,  devidamente embasado em seu Estatuto,  nas diretrizes partidarias,  ouvindo a Executiva Estadual e,
          Considerando a existência de um acordo bilateral, celebrado entre o PMDB e O PTN,  em suas intâncias Municipal e Estadual,  de forma amigável e consensual,  por ambas as partes, tornado público e de conhecimento de todo(a)s;
           Considerando a forma como o citado Acordo,  unilateralmente não foi cumprido, sem  justificativa plausível e convincente aos escalões partidários,  o que rompeu toda possibilidade de sua continuação;
          RESOLVE:
           1.   Respeitar a decisão do PTN;
           2.   Não continuar na Aliança do Grupo Atitude (PTN);
           3.  Agradecer o acolhimento amistoso, que nos foi dispensado e,
           4.  Desejar sucesso ao Grupo Atitude
            Bayeux, PB, 04 AGO 2016.
Ardnildo Morais dos Santos
Presidente do PMDB Municipal.