O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Farias (PSD), comentou neste domingo (31), as ondas de ataques ao sistema de transporte público, que partiram de dentro do presídio estadual de Parnamirim, após o Governo determinar bloqueio de celulares nos presídios de Natal.

O governador disse que a medida é necessária para combater o crime, senão as ações na segurança nunca iriam avançar. Robinson lamentou as consequências, mas ressaltou que a o Estado tomou a decisão acertada e que a polícia não vai se intimidar porque o Estado é maior que a criminalidade.

” É uma solução que tem essa consequência, mas temos que enfrentar. O Estado não pode ficar emparedado como disseram os bandidos. O Estado é mais forte que a criminalidade. A minha ordem é que a polícia seja enérgica. Não vamos negociar. Não vamos nos intimidar. A polícia tem autonomia para reagir e defender a população. Não vão colocar medo no Governo. Vamos para o enfrentamento e vamos vencer com coragem”, afirmou o governador.