O presidente municipal do PSD em João Pessoa, Lucélio Cartaxo, descartou na noite desta segunda-feira (11), durante entrevista ao Frente a Frente, da TV Arapuan, uma chapa puro-sangue para disputa da Prefeitura da capital.

Numa provocação ao governador Ricardo Coutinho (PSB), Lucélio disse que uma cidade como João Pessoa não aceita uma composição feita através de imposição, onde se escolhe o candidato de acordo com a conveniência política.

Em relação a um possível apoio do PMDB no primeiro turno ao PSD, com a possibilidade de indicar Manoel Júnior como vice de Luciano Cartaxo, Lucélio garantiu que não há veto ao nome do deputado, mas esse é um assunto interno do partido.

“Respeitamos a pré-candidatura de Manoel Júnior. Mas se o partido decidir nos apoiar e indicar o nome do vice, não faremos veto a nenhum nome. Trabalhamos somando e não excluindo. Agora, esse é um assunto interno do PMDB”, finalizou.