A secretária de Planejamento, Daniela Bandeira, garantiu nesta quarta-feira (22), que o decreto emergencial publicado pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) vai acelerar as ações de recuperação da barreira do Cabo Branco.

Daniela disse que devido ao impasse de 14 meses com a Sudema, Cartaxo decidiu por declarar emergência para adotar medidas legais previstas para caso da calamidade. O período chuvoso acelera a erosão da falésia.

“A gente vai ter incidência ali, não só pelo fatores provocados pelo homem, mais também do vento, da força do mar e agora com a drenagem mal feita da água da chuva que só vai apressar o processo erosivo. Diante desse processo todo de 14 meses solicitando o licenciamento ambiental, o prefeito optou pela declaração de emergência para que a gente possa adotar medidas que legalmente estão previstas para caso de calamidade. Vamos usar o que é possível  a partir do reconhecimento da urgência pelo governo federal ”, afirmou.