O deputado federal e presidente municipal do PMDB, Manoel Júnior, rebateu nesta sexta-feira (13), insinuações do governador Ricardo Coutinho ( PSB), sobre eventual retaliação do Governo de Michel Temer à Paraíba.

Ricardo afirmou que se acontecer, saberá reagir à altura. Confrontado sobre essa declaração, Manoel Júnior garantiu que não faz parte do perfil do presidente interino perseguir adversários políticos.

Além disso, ele afirmou que a Paraíba tem aliados de Temer que não permitiriam uma possível retaliação. Para Júnior, é Ricardo Coutinho que entende de perseguição.

“Quem entende de retaliação é o governador. Basta ele se olhar no espelho. Temer é um estadista e não tem o perfil de perseguidor. O presidente tem amigos na Paraíba. Jamais agiria com perseguição a quem divergiu dos seus posicionamentos”, afirmou.