O Senado federal decidiu, ( 6:35 da manhã) com a aprovação da abertura do processo de impeachment contra DIlma Rousseff por 55 votos a favor e 22 contra, afastar a presidente do governo por até 180 dias.

Dentro desse período deverá ser realizado o julgamento da presidente, que, caso seja condenada, perderá o cargo, e ficará impossibilitada de exercer função pública por 8 anos.

O afastamento tem prazo máximo de 180 dias, mas a previsão é que o Senado julgue-a pelas pedaladas fiscais e créditos orçamentários sem autorização antes disso.

Caso o Senado aprove a abertura do processo de impeachment, o vice Michel Temer (PMDB) assumirá assim que for notificado da decisão.

Dilma deve ser a segunda presidente afastada para ser julgada politicamente pela acusação de crime de responsabilidade desde a redemocratização, repetindo Fernando Collor em 1992.

Fonte: TV Senado