O senador Raimundo Lira (PMDB-PB), comentou, nesta segunda-feira (9),  anulação do processo de votação do impeachment de Dilma Rousseff na Câmara Federal pela presidente interino da Casa, Waldir Maranhão (PMDB).

Segundo o presidente da Comissão do Impeachment no Senado, a decisão de Maranhão é política e equivocada,  porque a sessão que votou impedimento da presidente da República seguiu rigorosamente o rito estabelecido pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“No momento em que a Câmara protocolou a denúncia no Senado Federal, ela perdeu a ingerência do processo de impeachment. Portanto, isso que o presidente da Câmara decidiu é essencialmente político e no meu entendimento equivocado”, disse o peemedebista.