O posicionamento do deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB) pelo impeachment da presidente Dilma Roussef (PT) foi fator determinante para o afastamento político entre ele e o governador.

Pelo visto, o parlamentar não sinaliza uma reaproximação com Ricardo. Na manhã desta terça-feira (26), o socialista voltou a atacar Dilma, na tribuna da Assembleia Legislativa, em resposta às críticas feitas pelos deputados petistas, Anísio Maia e Frei Anastácio, que acusaram Cunha de aplicar golpe na presidente.

Barbosa refutou a ideia, declarando que foi a petista quem deu um golpe no povo brasileiro. De acordo com ele, Dilma enganou a população com promessas eleitoreiras e a acusou de patrocinar um governo de roubalheira.

“A presidente deu um golpe no eleitor ao cortar empregos, ao prometer ampliar o Bolsa Família e ampliar o Minha Casa, Minha Vida. As obras estão paralisadas. Há mais de um ano, o governo não repassa um centavo para o Estado. O golpe foi dado por esse governo medíocre, de roubalheira, patrocinado pelo PT”, declarou o deputado.